Perguntas que aproximam

Construir relacionamentos próximos na idade adulta pode ser um desafio. Muitas situações sociais exigem conversas curtas educadas, não as conversas de coração para coração, dificultando a conexão profunda com as pessoas. 

Uma maneira de superar essas barreiras à proximidade é envolver-se na “autorrevelação recíproca” - isto é, revelar informações cada vez mais pessoais sobre você para outra pessoa, a medida que o outro também faz o mesmo com relação a você. Pesquisas sugerem que gastar apenas 45 minutos engajando-se na auto-revelação com um estranho pode aumentar dramaticamente os sentimentos de proximidade. Em alguns casos, esses sentimentos de proximidade persistem ao longo do tempo e formam a base de um novo relacionamento.

Para desenvolver a proximidade, precisamos estar dispostos a nos abrir. Mas a abertura nem sempre é fácil - podemos ter medo de nos aproximarmos demais ou nos envergonharmos. As 36 perguntas a seguir nos incentivam abertura recíproca e em um ritmo semelhante ao do nosso parceiro, de maneira que o compartilhamento seja de ambos os lados e de maneira equilibrada. Esse processo oferece espaço para que a outra pessoa em nossa conversa responda positivamente à nossa auto-revelação - com compreensão, validação e cuidado - de uma maneira que também pode melhorar a proximidade.  Essa conversa espelha o processo gradual de conhecer as pessoas que os relacionamentos tipicamente vivenciam, só que aqui propõe-se apenas um ritmo mais acelerado. Os sentimentos de proximidade gerados podem, por sua vez, nos ajudar a construir relacionamentos duradouros que aumentam nosso bem estar geral. 

 

Tempo

45 minutos cada vez que você fizer essa prática. 

Como fazer

 

1. Identifique alguém com quem você gostaria de se tornar mais próximo. Pode ser alguém que você conhece bem ou alguém que você está conhecendo. Embora este exercício tenha a reputação de fazer com que as pessoas se apaixonem , é realmente útil para qualquer um que você queira se sentir próximo, incluindo familiares, amigos e conhecidos. Antes de tentar, certifique-se de que você e a outra pessoa estão confortáveis ​​em compartilhar pensamentos e sentimentos pessoais uns com os outros.

2. Encontre um horário em que você e seu parceiro tenham pelo menos 45 minutos livres e possam se encontrar pessoalmente.

3. Por 15 minutos, revezem-se perguntando um ao outro as perguntas do Conjunto I abaixo. Cada pessoa deve responder a cada pergunta, mas em uma ordem alternada, para que uma pessoa diferente vá primeiro a cada vez. 

4. Após 15 minutos, vá para o Conjunto II, mesmo que você ainda não tenha terminado as perguntas do Conjunto I. Em seguida, passe 15 minutos no Conjunto II, seguindo o mesmo sistema. 

5. Após 15 minutos no conjunto II, passe 15 minutos no conjunto III. (Nota: Cada conjunto de perguntas é projetado para ser mais investigativo do que o anterior. Os períodos de 15 minutos garantem que você gaste um período de tempo equivalente em cada nível de auto-revelação).

 

Conjunto  I: 

1. Dada a escolha de qualquer pessoa no mundo, quem você gostaria de ser um convidado para jantar?

2. Você gostaria de ser famoso? De que maneira?

3. Antes de fazer uma ligação telefônica, você alguma vez ensaia o que vai dizer? Por quê?

4. O que constituiria um dia “perfeito” para você?

5. Quando você cantou para você mesmo? Para outra pessoa?

6. Se você fosse capaz de viver até os 90 anos de idade e manter a mente ou o corpo de uma pessoa de 30 anos nos últimos 60 anos de sua vida, o que você gostaria?

7. Você tem um palpite secreto sobre como vai morrer?

8. Cite três coisas que você e seu parceiro parecem ter em comum.

9. Pelo que você se sente mais grato em sua vida ? 

10. Se você pudesse mudar alguma coisa sobre a maneira como foi criado, qual seria?

11. Dedique quatro minutos e conte ao seu parceiro sua história de vida com o máximo de detalhes possível.

12. Se você pudesse acordar amanhã depois de ganhar qualquer qualidade ou habilidade, qual seria?

Conjunto II

13. Se uma bola de cristal pudesse lhe dizer a verdade sobre você, sua vida, seu futuro ou qualquer outra coisa, o que você gostaria de saber?

14. Há algo que você sonhava fazer há muito tempo? Por que você não fez isso?

15. Qual é o maior feito da sua vida?

16. O que você mais valoriza em uma amizade?

17. Qual é a sua lembrança mais preciosa?

18. Qual é a sua lembrança mais terrível?

19. Se você soubesse que em um ano você morreria de repente, você mudaria alguma coisa sobre o modo como você está vivendo agora? Por quê?

20. O que a amizade significa para você?

21. Que papéis o amor e o afeto desempenham em sua vida?

22. Compartilhe algo que você considera uma característica positiva do seu parceiro. Compartilhe um total de cinco itens.

23. Quão perto e acolhedora é a sua família? Você acha que sua infância foi mais feliz do que a maioria das outras pessoas?

24. Como você se sente sobre seu relacionamento com sua mãe?

 

Conjunto III

25. Faça três verdadeiras "nós" declarações cada. Por exemplo, "Estamos ambos nesta sala sentindo ..." 

26. Complete esta frase: “Eu gostaria de ter alguém com quem eu pudesse compartilhar…”

27. Se você fosse se tornar um amigo íntimo de seu parceiro, por favor, compartilhe o que seria importante para ele ou ela saber.

28. Diga ao seu parceiro o que você gosta sobre ele; seja muito honesto desta vez, dizendo coisas que você pode não dizer a alguém que acabou de conhecer.

29. Compartilhe com seu parceiro um momento embaraçoso em sua vida.

30. Quando você chorou pela última vez na frente de outra pessoa? Por você mesmo?

31. Diga ao seu parceiro algo que você gosta sobre ele [já].

32. O que, se for o caso, é sério demais para ser brincado?

33. Se você morresse nesta noite sem oportunidade de se comunicar com alguém, o que mais se arrependeria de não ter contado a alguém? Por que você não contou a eles ainda?

34. Sua casa, contendo tudo o que você possui, pega fogo. Depois de salvar seus entes queridos e animais de estimação, você tem tempo para fazer uma busca final com segurança para salvar qualquer item. O que seria? Por quê?

35. De todas as pessoas da sua família, de quem a  morte você acharia mais perturbadora? Por quê?

36. Conte um problema pessoal e peça conselhos ao seu parceiro sobre como ele ou ela pode lidar com isso. Além disso, peça ao seu parceiro para refletir de volta para você como você parece estar se sentindo sobre o problema que escolheu.

Você pode tentar essa prática com pessoas diferentes com as quais deseja desenvolver uma conexão mais profunda - mas se suas respostas começarem a parecer rotineiras, considere criar sua própria lista de perguntas que se tornam cada vez mais pessoais. Dois casais também podem tentar essa prática juntos , o que tem demonstrado aumentar a proximidade  entre  os casais, além de aumentar a proximidade e o amor romântico. 

 

Evidência de que funciona

Aron, A., Melinat, E., Aron, EN, Vallone, RD e Bator, RJ (1997). A geração experimental de proximidade interpessoal: um procedimento e algumas descobertas preliminares . Personality and Social Psychology Bulletin, 23 (4), 363-377. 

Pares pouco conhecidos de participantes instruídos a perguntar uns aos outros as “36 Perguntas para Aumentar a Proximidade” relataram um aumento maior nos sentimentos de proximidade do que os pares instruídos a questionar uns aos outros 36 questões superficiais. Os pares que completaram o exercício de proximidade sentiram-se mais próximos, independentemente de partilharem certas crenças e atitudes fundamentais, ou se esperavam que o exercício funcionasse em primeiro lugar. Notavelmente, seus sentimentos de proximidade após a conversa combinaram com o nível médio de proximidade que os outros participantes relataram sentir em seus relacionamentos mais íntimos.

 

Fontes

Arthur Aron, Ph.D. Stony Brook University

Greater Good Science Center

16 perguntas que aproximam.png